Safári em Cape Town: Veja como é o Aquila Private Game Reserve

Por Joyce Parpinelli

Neste Artigo

Ver animais selvagens em meio a Savana na África é algo único e que não poderia ficar de fora do nosso roteiro e fomos viver essa experiência de Safari em Cabe Town, o Aquila Private Game Reserve.

Como era nossa primeira experiência em safári, durante nossa pesquisa surgiram várias dúvidas e uma delas era sobre fazer o safári em Joanesburgo ou Cape Town.

O principal Safári da África do Sul, é o Kruger Park que fica a 5 horas de viagem de Joanesburgo, já em Cape Town, há algumas reservas privadas como o Aquila Private Game Reserve, Inverdoorn Game Reserve e o Sanbona Wildlife Reserve. A diferença entre eles é que o Kruger é um Parque Nacional, já os outros três são Reservas Privadas de Animais.

Qual a difrença entre um Parque Nacional e uma Reserva Privada de Animais?

Parque Nacionais – Os parques nacionais são áreas enormes, sem cercas e onde é possível ver os animais selvagens em seu habitat natural. Os tours podem ser feitos sem a presença de um guia nas partes públicas, em carro próprio ou alugado (conhecido por self-drive) e andar em estradas delimitadas, o que torna bem mais econômico, basta pagar as taxas de entrada. Além disso, os parques nacionais possuem quantidades maiores de animais e você nunca sabe exatamente qual animal vai encontrar.

Reserva Privativa: Cada uma tem um diferencial, é importante conhecer e entender o que oferecem para facilitar a escolha. Embora sejam áreas muito grandes, são bem menores do que os Parques Nacionais e há dois tipos: com área cercada e sem área cercada.

Com área cercada: Os animais ficam em espaços, embora muito grandes, delimitados. Os leões são alimentados e não precisam caçar, inclusive são separados dos outros animais por cercas elétricas. Este tipo de reserva costuma realizar trabalhos de preservação de animais resgatados e também dos que nascem no local. O safári só pode ser feito por carro do estabelecimento e com os guias autorizados, conhecidos por “rangers”. Estes guias sabem quantos animais há e os horários e locais mais prováveis de encontrá-los e podem sair das estradas, chegando bem perto deles.

Sem área cercada: Permite que os animais andem livremente, isso ocorre, por exemplo, nas Reservas Privadas que fazem fronteiras com o Kruger Park e embora não tenhamos feito um safári assim, acho o mais interessante, pois não se sabe ao certo quais animais serão encontrados  já que eles transitam  entre todas as áreas, além disso, a diversidade é muito maior e sabemos que de fato, estão em seu habitat natural. O safári é conduzido pelos guias autorizados.

Escolha do Safari e compra de bilhete

Como não tínhamos muito tempo na África e também nosso filho estava muito novinho para longas distâncias de carro, o que tornaria a viagem mais cansativa, achamos melhor fazer o Safári em Cape Town e optamos pelo Aquila Private Game Reserve, que fica a cerca de duas horas de Cape Town.

Compramos o safári diretamente no site do Áquila Private Game Reserve e escolhemos a opção com transfer incluso. Um diferencial bem legal, é que eles possuem um chat online no site para esclarecer todas as dúvidas.

IMG 4937

Como é o Safari no Áquila Private Game Reserve

O Áquila Safári é uma área de 10.000 hectares e fazem resgate e reabilitação dos animais.

Dentre as opções de Safári há o de dia inteiro, meio período e o de pernoite com algumas opções de acomodação. Para o de meio período há três escolhas: Manhã, tarde ou para ver o pôr do sol.

Nós optamos pelo Safári no período da tarde e no dia e horário agendado um carro nos pegou no nosso hotel para levar até o Aquila Private Game Reserve. A alimentação é incluída no pacote, independente do tipo de Safári.

Logo na chegada, eles oferecem uma bebida de boas-vindas que pode ser champagne ou suco de maçã para quem não quer bebida alcoólica. Em seguida, somos direcionados para o salão onde é servido o almoço e também nos informam o horário para estarmos no local onde o carro nos pegará para fazer o Safári.

IMG 9098
Boas vindas no Aquila Reserve

O Áquila Safári é uma área de 10.000 hectares e fazem resgate e reabilitação dos animais.

Dentre as opções de Safári há o de dia inteiro, meio período e o de pernoite com algumas opções de acomodação. Para o de meio período há três escolhas: Manhã, tarde ou para ver o pôr do sol.

Nós optamos pelo Safári no período da tarde e no dia e horário agendado um carro nos pegou no nosso hotel para levar até o Aquila Private Game Reserve. A alimentação é incluída no pacote, independente do tipo de Safári.

Logo na chegada, eles oferecem uma bebida de boas-vindas que pode ser champagne ou suco de maçã para quem não quer bebida alcoólica. Em seguida, somos direcionados para o salão onde é servido o almoço e também nos informam o horário para estarmos no local onde o carro nos pegará para fazer o Safári.

aquila childrens entertainment014
Foto divulgação: Área para crianças
IMG 4935
Piscina em frente ao restaurante

Após almoço e conhecer os arredores fomos fazer o Safári! Um carro pegou o grupo no ponto indicado e seguimos para essa aventura!

IMG 5064 edited
Veículo do Safári
Avestruz
Avestruz pelo caminho
Antílopes edited
Antílopes
Rinoceronte 5
Dos Big 5: Rinoceronte
Girafas
Girafas
Leões 4 edited
Dos Big 5: Leão

No geral, gostamos do Safári, mas ver os leões em áreas cercadas é um pouco frustrante.

Dos “Big 5” faltou ver o Leopardo e Búfalos, embora a reserva tenha todos eles, como a área é imensa e estes animais andam livremente, provavelmente estavam no vale, em áreas em que o carro não alcançava.

Compartilhe:
Autora: Joyce Parpinelli

Me chamo Joyce, e aqui, relato nossas experiências de viagens, passeios e tudo mais que possa ajudar outros viajantes, seja em viagens solo ou em família.  Sou bacharel em Turismo pela USJT, pós graduada em Gestão de Negócios com ênfase em marketing pela ESPM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *