Joanesburgo: dicas e principais pontos turísticos da cidade

Por Joyce Parpinelli

Neste Artigo

Joanesburgo ou “Joburg” como é chamada carinhosamente é a capital de negócios e a cidade mais populosa da África do Sul. Para conhecer a cidade, dois dias são suficientes, mas se estiver só de passagem, em um dia inteiro é possível visitar alguns dos principais pontos turísticos.

Como chegar em Joanesburgo

O principal aeroporto da África do Sul é o Aeroporto Internacional Oliver Tambo (JNB) que fica em Joanesburgo e recebe voos do mundo todo. O nosso voo foi pela cia Latam partindo de São Paulo – voo direto com cerca de 9h de duração.

Exigências para visitar a África do Sul

Não é necessário visto para a África do Sul, entretanto a vacina contra febre amarela é obrigatória e precisa ser tomada no mínimo, 10 dias antes da data da viagem. Para comprovar, é preciso apresentar a carteira internacional de vacina no momento do check in e também na chegada. Veja aqui tudo que precisa para emitir o certificado de vacinação internacional

Moeda

A Moeda na África do Sul é o Rand Sul Africano (ZAR).

Idioma

A África do Sul tem onze línguas oficiais, sendo duas delas as mais utilizada pela população.

O Zulu é o idioma mais falado pelos Sul Africanos (23%), seguido pelo Xhosa (16%) e Afrikaans (13,5%) e em seguida vem o inglês (10%), apesar de estar em quarto lugar, o inglês é compreendido nas áreas urbanas e não tivemos nenhuma dificuldade em nos comunicar no idioma com as pessoas locais.

Segurança em Joanesburgo

A cidade de Joanesburgo é violenta, então é preciso ficar atento. Não é recomendado andar a pé em áreas que não são turísticas, também é preciso seguir regras básicas como manter bolsas para frente, carteira, celular e câmeras bem guardados e evitar andar sozinho(a) ao anoitecer. Mas não se preocupe, com os devidos cuidados é possível visitar a cidade tranquilamente. Felizmente ou infelizmente, como brasileiros, já estamos acostumados com este tipo de precaução e tiramos de letra.

Como se locomover em Joanesburgo

Com exceção do Gautrain, que liga o aeroporto a alguns bairros de Joanesburgo, o uso do transporte público não é aconselhável para os turistas, então, para conhecer a cidade as opções são alugar um carro (lembrando que a mão é inglesa), utilizar taxi de redes credenciadas ou Uber.

Nós utilizamos o Uber. Quando o motorista chegou para atender nossa corrida, fechamos um valor para que ele nos levasse nos pontos turísticos que queríamos conhecer.

Onde se hospedar

A cidade é grande e com bairros distantes, então escolher a hospedagem não é uma tarefa tão simples. Também é importante ressaltar a questão da segurança na escolha.

A região mais indicada para a hospedagem dos turistas é Sandton, que possui complexos hoteleiros seguros e como é uma área mais sofisticada, também é mais cara.

Outros bairros a serem considerados para hospedagem em joanesburgo são:

Rosenbank – bairro residencial e com algumas redes hoteleiras e bastante comércio, lá há o shopping Rosebank mal.

Melrose – onde fica o Melrose Arch, um conhecido complexo com shopping e restaurantes. O bairro fica próximo a Rosenbank.

Melville – Bairro tranquilo um pouco mais afastado do centro, com bares e restaurantes.

Pontos turísticos que visitamos – Roteiro de dois dias

Museu do Apartheid

Um museu que choca! É obrigatório para se entender um pouco da história da África e a segregação racial. Logo na entrada já sentimos o impacto e a tristeza desse fato da história.

Museu do apartheid
Museu do apartheid.1 e1584198453217

Soweto

Um bairro turístico, alegre, com arte de rua, um local bom para passar algumas horas e aproveitar para almoçar. A Vilakasi Street é a principal, pois é onde fica a casa de dois ganhadores do prêmio Nobel – Nelson Mandela e o arcebispo Desmond Tutu. Neste bairro também fica a Orlando Towers.

Vilakazi street

Museu casa de Nelson Mandela

Local em que Nelson Mandela viveu entre 1946 e 1962, fica na Vilakazi Street.

A visita é rápida pois o local é pequeno. Interessante para ver algumas fotos de família e artigos pessoais de Nelson Mandela.

IMG 5588
IMG 5598

Orlando Towers ou Soweto Towers

Uma usina de carvão virou um ponto turístico e neste local, é possível pular de bungee jump, saltar em queda livre, escalar paredes ou jogar paintball. Os grafites das torres mudam constantemente.

Soweto Towers

Nelson Mandela Square

É uma praça com uma escultura enorme do Nelson Mandela e fica no meio do shopping center de Sandton City. A área é bem agradável e tem bons restaurantes, além disso, possui uma fonte que faz a alegria da criançada, que se divertem se molhando nela.

Nelson Mandela Square.

Outros pontos turísticos importantes para incluir na sua lista:

  • Top of Africa
  • Gold Reef City
  • Museu África
  • Bairro de Maboneng
  • Bairro Braamfontein
  • Constitution Hill
Compartilhe:
Autora: Joyce Parpinelli

Me chamo Joyce, e aqui, relato nossas experiências de viagens, passeios e tudo mais que possa ajudar outros viajantes, seja em viagens solo ou em família.  Sou bacharel em Turismo pela USJT, pós graduada em Gestão de Negócios com ênfase em marketing pela ESPM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *